Estamos perto do fim das tarifas de importação cobradas da China?

O presidente Joe Biden disse esta semana que sua administração está avaliando se vai ou não eliminar as tarifas cobradas sobre produtos vindos da China. A cobrança teve início em 2018 sob o governo de Donald Trump.

 

O presidente democrata vem sendo pressionado para acabar com essas tarifas, que encarecem os produtos repassados ao consumidor e pode ser uma maneira de reduzir a inflação.

 

“Estamos discutindo essa questão agora. Estamos avaliando o que pode ser um impacto positivo, mas nada está decidido ainda”.

 

No início deste mês, o Federal Reserve divulgou um comunicado para iniciar a revisão e acatar comentários e sugestões sobre a cobrança dessas tarifas incluídas em emenda na Section 301 of the Trade Act of 1974.

 

O comunicado afirma que “esse é o primeiro passo no processo de revisão dessa política. Vamos notificar os representantes das indústrias domésticas, que se beneficiam dessa cobrança e avaliar o que vai acontecer caso essas taxas parem de ser cobradas”.

 

Empresas afetadas pela cobrança dessas tarifas de produtos vindos da China terão entre 7 de maio e 5 de julho deste ano (para a emenda do dia 6 de julho de 2018) e entre 24 de junho e 22 de agosto de 2022 (para a emenda de 23 de agosto) para opinar sobre a cobrança dessas tarifas. Essa é uma oportunidade única para a apresentação de argumentos sobre o impacto que essas taxas causam nos negócios.

 

Em março, a administração Biden reduziu as tarifas para alguns produtos vindos da China, mas a cobrança ainda é realizada em mais de $350 bilhões de dólares em produtos chineses.

 

Mudanças significativas estão por vir nas tarifas da Seção 301 em uma ampla gama de produtos da China. Acompanhe o nosso blog para mais notícias sobre o assunto.

 

Se você tiver alguma dúvida sobre importação ou exportação para os Estados Unidos, entre em contato com a Sobel Networking Shipping para que todas as suas perguntas sejam respondidas.

 

 

 

Ligue agora no (888) 670-4191 ou envie um e-mail para [email protected] Para informações em português ligue: +1 786-208-8344.