México surge como opção para exportadores devido à proximidade com os EUA

Dados recentes mostram que o México está emergindo como polo para exportadores em meio à instabilidade da economia global

 

O mercado de logística está buscando alternativas fora da China para evitar os atrasos gerados pela pandemia da covid-19, gargalos na cadeia de suprimentos, razões climáticas e outros problemas.

 

Reportagem veiculada pelo portal MoreThanShipping mostra que as empresas estão repensando as alternativas existentes, seja tentando convencer os chineses a mudar a produção de produtos para países vizinhos para evitar o pagamento de tarifas ou optando por não comprar da China.

 

Os maiores beneficiários dessas mudanças são os pequenos países do Sul da Ásia e o México, que aparece como alternativa atraente para as empresas devido à proximidade com os Estados Unidos.

 

A economia mexicana, assim como em todo o mundo, foi afetada pela pandemia. Mas em estados localizados na fronteira o que se vê é uma forte atividade econômica, com as exportações mexicanas ultrapassando os $80 bilhões somente nos primeiros dois meses deste ano.

 

Devido à grande demanda e crescimento da indústria automobilística, os investidores passaram a ver o México como produtor de outras mercadorias, incluindo carros.

 

Especialistas da área de logística acreditam que este ano é de grandes oportunidades para o México. No ano passado, por exemplo, empresas americanas compraram seis vezes mais produtos químicos e materiais de construção do país vizinho em comparação com 2020. No mesmo período, a procura desses mesmos produtos na China caiu 9%.

 

Se você tiver alguma dúvida sobre importação ou exportação, entre em contato com a Sobel Networking Shipping para que todas as suas perguntas sejam respondidas.

 

Ligue agora no (888) 670-4191 ou envie um e-mail para [email protected] Para informações em português ligue: +1 786-208-8344.